PLANEJAMENTO PARA MONTAGEM DE LAJES  



Transporte Horizontal
Bastante simples, dependendo do tamanho da vigota, utiliza duas ou três pessoas, segurando na alça da treliça.

Transporte Vertical
Neste caso, teremos várias maneiras: - por grua, manual, por moitão ou roldana, guincho foguete, guincho de carga e guincho compacto de coluna.

Revestimento do Teto
O revestimento chapisco-embôço tem ótima aderência com os elementos (lajotas) de EPS. O revestimento inferior deve ser executado somente após a cobertura da obra devido devido a infiltração de umidade (e até fluxo de água), que prejudica a aplicação, a cura e a qualidade dos revestimentos. Para o Chapisco, recomendamos o mesmo procedimento para lajes em geral, com espessura aproximada de 0,5cm, e com a preparação do traço: uma parte de cimento e três partes de areia. Adicionar na água (limpa), aditivo próprio para chapisco, disponíveis no mercado tais como;: BIANCO, ISOCRIL, MACTRACOL, EUCOCRIL, META 750, etc. Proceder a mistura na água, conforme especificações do fabricante. Após a cura do chapisco (mínimo de 48 horas), aplicar o EMBOÇO com espessura aproximada de 1,5cm. Com o traço: uma parte de cimento, duas partes de cal e oito partes de areia média.

No gesso antes de sua aplicação, passar uma camada de nata de cimento e areia peneirada com aditivo (Isocryl, Mactracol, Tecnometa, etc...) aplicada no rolo texturixzado para a pintura.
A concretagem com bombas diretamente sobre o EPS deve ser utilizada apenas para alturas superiores a 16cm. Para alturas inferiores deve-se despejar o concreto primeiramente sobre madeirites, em seguida distribuir na laje.

AVISO: A tonalidade da argamassa poderá variar durante a cura, devido a eventual variação da sua espessura e devido a diferente absorção de umidade entre o EPS e a base da vigota. O aparecimento de pequnas fissuras é normal, e desapareserão com a aplicação de massa fina e pintura final, que deve ser feita após a cura (secagem) da argamassa.

Tubulação no EPS
Durante a montagem de laje, a tubulação hidráulica e elétrica pode ser embutida nas peças de EPS, utilizando-se um soprador de ar quente (secador de cabelos), definindo o caminho a ser percorrido pela tubulação.Atenção: colocar tábuas para andar sobre a laje.